top of page

Falsas afirmações sobre "aleitamento" por pessoas do sexo masculino; a segurança do bebê em foco

Neste dia das mães, a MATRIA lança o documento "FALSAS AFIRMAÇÕES SOBRE "ALEITAMENTO" POR PESSOAS DO SEXO MASCULINO: A SEGURANÇA DO BEBÊ EM FOCO", que tem como objetivo evidenciar as falácias proferidas em torno da noção de que pessoas do sexo masculino podem amamentar bebês.


Esse é um tema de grande preocupação da Associação, na medida em que percebe-se o avanço de tentativas de tornar esse ato de violência contra os bebês aceitável, sob um verniz de "inclusão" e "afirmação de gênero" de adultos do sexo masculino.


A falácia da amamentação realizada por pessoas do sexo masculino demonstra ter como finalidade a reinvindicação do "direito" à afirmação de gênero, à despeito da preservação da dignidade e das necessidades nutricionais de bebês.


Violar o direito à amamentação segura de bebês é o mais novo campo de disputa ideológica que estamos presenciando nos últimos anos no mundo ocidental. As tentativas de usar bebês para realizar os "desejos" de performar uma identidade materna e de desvincular esse ato exclusivo das mulheres têm surpreendido pela ousadia de tamanha imposição e desrespeito aos bebês e as mulheres que são mães.

Ao longo do documento foram trazidos elementos que corroboram para essa constatação, evidenciando que, longe de ser uma tentativa ingênua e despretensiosa, há interesses, atitudes anticientíficas e claro, rompimento de parâmetros éticos da nossa sociedade.


Convidamos a todos os leitores a ler e compartilhar o material abaixo:


FALSAS AFIRMAÇÕES SOBRE ALEITAMENTO POR PESSOAS DO SEXO MASCULINO
.pdf
Fazer download de PDF • 3.52MB

Comentários


bottom of page