top of page

A respeito da Nota pública do Conselho Nacional dos Direitos das Pessoas LGBTQIA+ em favor de "Jessica" Hadassa

A MATRIA protocolou hoje, dia 8 de janeiro, uma manifestação a respeito da Nota pública do Conselho Nacional dos Direitos das Pessoas LGBTQIA+ em que solicita que o Conselho Nacional se retrate e corrija as informações de sua nota pública, dentro do site Governo Federal, pois endossa uma falsa informação que afeta a vida da família da menina estuprada e cerceia o alerta para que outras crianças sejam protegidas.


Leia a manifestação na íntegra aqui:

Ouvidoria MDHC - caso JESSICA HADASSA
.pdf
Download PDF • 122KB

bottom of page